LGPD E DADOS PESSOAIS

LGPD para condomínios

Como os condomínios podem adotar as boas práticas e as medidas de governança em privacidade e proteção de dados

Os Condomínios tratam inúmeros dados pessoais de condôminos, moradores, visitantes, fornecedores e colaboradores. O número do CPF, a impressão digital, gravações de áudio e vídeo, cópia de documentos e informações de veículos são alguns exemplos de dados pessoais coletados pelos Condomínios.

LGPD é a Lei Geral de Proteção de Dados (nº 13.709/2018). Ela foi baseada no direito à privacidade e intimidade. As legislações de proteção dos dados pessoais surgiram para estabelecer regras e limites sobre esses processos de coleta, armazenamento, utilização e compartilhamentos dos dados pessoais.

Em apoio ao material elaborado pela Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC) a Zangari reuniu os principais pontos sobre a LGPD para apoiar como os condomínios podem adotar as boas práticas e as medidas de governança em privacidade e proteção de dados.

Boa leitura!

 

Caso queira baixar o guia prático, clique aqui.