maio 10 2019 0Comentários
Seguro complementar contra fogo

Seguro de condomínio x seguro complementar contra fogo

Existe um ditado que diz que embora não possamos evitar totalmente alguns imprevistos, podemos nos precaver para caso ocorram. Quando o assunto é o imóvel em que moramos, esta máxima passa a ter ainda mais importância.

Ter os seguros necessários para casos como incêndios é fundamental, e muitas vezes obrigatório por lei. Como existe muita dúvida sobre seguros do condomínios e o seguro complementar contra fogo, resolvemos ajudar a esclarecer esta questão.

Seguro obrigatório do condomínio

Obrigatório no Brasil para todos os condomínios residenciais, comerciais e mistos, suas coberturas básicas protegem a edificação contra incêndios, raios e explosões. É contratado pelo condomínio, e não por unidades individuais, razão pela qual normalmente tem seu custo rateado na cota condominial.

Cobre as partes comuns do prédio, e em casos em que for contratada coberturas adicionais, pode também abranger áreas privativas. Mas devemos observar no caso destas áreas cobrirá apenas danos causados por sinistros (ex. incêndios) que tenham se originado nas áreas comuns. Por exemplo, se um incêndio ocorreu por um curto na fiação em uma área comum do prédio e atingiu um apartamento, este seguro pode ser acionado. Caso o incêndio tenha se originado na fiação dentro do apartamento, os danos não estarão cobertos por este tipo de seguro.

Seguro complementar contra fogo

Já o seguro complementar é contratado por cada unidade individual (ex. cada apartamento). Sua cobertura básica também está relacionada à estrutura do imóvel, abrangendo danos causados por incêndio, raio e explosão. Caso contratado adicionalmente, também pode incluir danos causados por vendaval, água ou eletricidade, e até ressarcir aqueles relacionados ao conteúdo do imóvel, como móveis, eletrônicos etc. Note que  é este tipo de seguro que cobre os sinistros originados dentro das unidades (ex. um incêndio que tenha sido originado dentro de um apartamento).

No caso das locações, o seguro de incêndio é obrigatório, seu pagamentousualmente cabe ao inquilino, sendo esta a praxe do mercado de locação, refletida nos contratos firmados entre locadores e locatários.

O seguro residencial tem um dos melhores custos-benefícios do mercado de seguros. Seus valores são muito baixos, com prêmios que não chegam a 1% do valor do imóvel. Para a proteção que oferecem, valem muito a pena, pois em caso de sinistro, garantem tranquilidade ao locador e ao locatário, pois possibilitam que o imóvel alugado seja devolvido ao seu locador nas condições em que foi alugado.

A Zangari está preparada para lhe esclarecer suas dúvidas e oferecer os melhores seguros residenciais. Não deixe de entrar em contato conosco. Nós lhe ajudaremos a ficar tranquilo e protegido contra imprevistos.

Fonte: Zangari

zangari

Mais do que administrar seu patrimônio. Cuidamos do seu bem estar.

Escreva um Comentário